Cozido ao Vinho

Desde que eu assisti ao filme Julie & Júlia fiquei o morrendo de vontade de provar o famoso Boeuf Bourguignon, no entanto receitas que levam dois dias para ficar pronta estão fora de cogitação neste momento.

Na verdade eu me atrapalho com receitas muito elaboradas, gosto de fazê-las e de comer, mas definitivamente me atrapalho. Minha cozinha é minúscula, meu pequeno me chama a todo momento então já viu né?

Para minha sorte visitando o Manjericota vi a tal receita postada com uma foto linda como ela sempre traz. Não me pareceu tão difícil como pensava e resolvi testar.

Não coloquei o nome original no post porque eu não usei alguns ingredientes, que eu não tinha, e não segui religiosamente o modo de preparo, mas o resultado foi ótimo! Gostei demais! E minha vontade foi atendida!

A receita na integra você encontra aqui.



Eu fiz assim:

Cozido ao Vinho (Boeuf Bourguignon)


Ingredientes:

150 g de bacon

1 kg de coxão mole grandes

1 cenoura descascada e fatiada

1 cebola grande descascada e picada

1 garrafa de vinho tinto seco

alecrim e tomilho (usei seco)

1 folha de louro

1 talo de alho poró

1 dente de alho picado

cebolas pequenas descascadas (echalotes)

200 g de champignons de Paris frescos, finamente fatiados

1 tablete de caldo de carne

½ xícara de chá de água

40 g de manteiga

Açúcar, sal, pimenta e óleo a gosto

Preparo:

Em um recipiente grande faça uma marinada: junte todos os legumes, a cebola grande picada, o alho poró,o alho e os temperos e cubra tudo com o vinho tinto.

Deixe a marinada descansar na geladeira de um dia para o outro.

Em uma panela, frite o bacon e espere até ele ficar bem torradinho, retire da panela e reserve.

Na mesma panela aqueça uma mistura de manteiga e óleo. Descasque as cebolinhas e coloque-as na panela para dourar.

Acrescente a água e um pouco de açúcar nas cebolinhas, espere a água evaporar e o açúcar caramelizar, até que fiquem macias. Reserve.

Coloque uma panela para aquecer em fogo alto.

Separe a carne da marinada e esprema ela bem para escorrer todo seu suco.

Refogue a carne na panela quente com um pouco de óleo.

Retire a carne da panela e reserve. Na mesma panela,acrescente os cogumelos, refogue.

Coloque toda a marinada na panela onde estão os cogumelos e acrescente o sal, o caldo de carne e cozinhe em fogo baixo, tampado, por 2 horas (ou até a carne ficar macia).

No momento de servir, junte à panela o bacon reservado e as cebolas.
 
A sugestão que é seja servido com batatas saute ou pure de batatas. Desta vez fui de arroz integral!

11 comentários:

Amehlia Digital ! ® disse...

Beh!
Sou como vc amiga... comidas práticas e fáceis... começou a ter muitas coisas tb me enrolo toda =)
Mas esse cozido é muito chique...
Fia, meu gás vai todo...rs...cozinhar demora un cadin, né... mas se disse que o resultado foi ótimo...então vale a pena =]
Como aqui só eu não como a carninha....gostei mesmo foi da cebolinha...

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ADORO RECEITAS PRÁTICAS E FÁCEIS TBM!
DEVE SER MUITO BOM!

Daniana Bittencourt disse...

Amei... deve ficar com um sabor espetacular.
Abraços, Daniana
http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

Fla disse...

Nossa realmente dois dias por uma receita é muita coisa né?
Essa versão me pareceu ótima, mais simples porém não menos deliciosa!!!
Gostei muito.
beijos

Beta disse...

Meninas, ficou muito bom , mas confesso que senti muita vontade de colocar na panela de pressão para ir mais rápido rs.

Vinni, só a cebolinha já é uma delicia!

beijos e bom dia a todas

Tata Nani disse...

Maravilhoso prato! Vim conhecer seu blog e já me apaixonei! To enlouquecida aqiu vendo suas receitas, rs.
Um grande beijo, e to te seguindo, se me permite.
Tata,

angela disse...

grata pela visita, grata por seguir. parabens pelo blog, bjs

angela disse...

grata pela visita, grata por seguir. parabens pelo blog, bjs

angela disse...

grata pela visita, grata por seguir. parabens pelo blog, bjs

Renata disse...

Um clássico da cozinha francesa, muito suculento e verdadeiramente delicioso!

Abraço,

isabel disse...

Olá Beta,
como eu a compreendo: morro de vontade de comer e no entanto nunca fiz!! Mas esta receita é a minha salvação!! Também tenho uma pequerrucha que invade a minha cozinha nas horas mais despropositadas!!
Um grande beijinho e um bom fim-de-semana!